ta-ta-talking that Blah Blah Blah


Blah blah blah  de cá. Blah Blah Blah de lá. E as pessoas vão confundidndo as coisas não é mesmo? Com certeza a mlehor carne do corpo é a lingua pois se usada de forma correta só traz benefícios. Mas também é a pior por que se utilizada mal pode trazer um zilhão de confusões. Mas se hoje você tá pensando que eu vou falar sobre a minha, se enganou. HAHAHA.

Bem sobre esse assunto vou contar um pouco sobre a minha cidade. Ela é pequena. Muiito pequena. E sabe qual é o mal da cidade pequena? Sim,o Blah Blah Blah. As pessoas de cidade pequena só sabemfalar mal das coisas. Isso é fato. Elas criticam quemnão faz nada para melhorar. Criticam quem faz alguma coisa para melhorar. Criticam amigos. É incrivel as pessoas parecem todas invejosas. E por incrivel que pareça mesmo não estando no lugar onde acontece alguma coisa elas já saem falando como se fossem doutoras  no assunto. – Tá até parece que eles sabem mais da minha vida do que eu.

O problema que me deixam mais irritado é quando essas pragas ruins pessoas  começam a mentir sobre as coisas que você fala, sobre a sua vida. E cara, as mentiras e as pessoas não tem nada a ver com você! É por que agora deu pra isso.

E se você pensa que é só comigo tá enganado. Tem um monte de gente que anda sofrendo com essas coisas. Umas tem plena conciência, outras não – e estas são as piores por que ainda pensam que estão abafando.

Agora vem o fato derradeiro. A sua palavra de honra não é nada perto da mentira inventada pelos outros. Sério. Não adianta você dizer que “não foi isso que aconteceu. Foi isso, isso, e isso” Ou “ Tá aconteceu isso sim, mas… não do jeito que falaram e não com a inteção que falaram.”. O que importa aqui são as provas. Se você não tiver registros gravados, fotos, audio do que aconteceu, as pessoas vão achar que VOCÊ é o mentiroso. Incrível né? Aonde que fica aquele lance de inocente até que se prove o contrário? E como também não fosse difícil o bastante, levantar todo dia, seguir sua vida, mentindo pra todo mundo mundo com um sorriso na cara dizendo “Tá tudo bem” enquanto você tá malz.

O momento conversando com Deus

Dear God,

Sei que você é um “ser” muiito ocupado. Mas dá pra tirar certas pessoas da minha vida? Não. Eu não quero que elas morram. Só quero que elas saiam de leve. Elas estão me dando muitos problemas. Não que eu seja fraco para resolvê-los. É que eu não quero me aborrecer. E nem me ferrar. Se é que o senhor me entende? Daquelas nossas conversinhas passadas. Ta ligado? Então se você puder fazer o favor de  me ajudar nessa parte eu prometo ficar mais calado e arrumar menos problemas pra vossa grandíssima divindade ter que concertar!

Até o nosso próximo bate papo!

–x–

Galera por hoje é só isso. Até o nosso proximo post. aki neste mesmo blog!

Até a proxima!

Anúncios

2 comentários sobre “ta-ta-talking that Blah Blah Blah

  1. Cidade pequena é complicado mesmo.
    a tendencia q pessoas fofoqueiras tem de ficar sabendo de algo e sair por ai espalhando é fo…
    mas isso é da natureza das pessoas mesmo.
    aposto q ate mesmo vc tem essa mania tbm
    o problema e quando essa mania se torna fora do controle e coisa fica feia.
    algumas pessoas nao aceitam muito bem q outras falem sobre elas e as vezes tomam atitudes q pode parecer um pouco radical.
    lembre-se do ditado: “quem bate esquece, mas quem apanha nao esquece nunca e muitas vezes se vigam”
    pense nisso ok.

  2. ixi!cuidado Luiz!
    contrate seguranças, não saia de casa!
    olha a previsão que o anjinho fez p vc!!!
    #Medo!
    Alguém vai te pegar na rua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s